sábado, 24 de janeiro de 2009

precisava...

Apetece-me explodir...hoje é tudo mais forte do que eu...nao tenho ninguém a quem falar o que sinto...num sábado a estas horas ninguém está na net, ninguém de confiança e que seja bom ouvinte para me ajudar a não explodir...sonhei contigo...acordei tão angústiado...nunca mais consegui dormir e todos os momentos da minha vida em que estiveste presente passaram-me pela cabeça...isto faz-me tão mal...tento evitar pensar que significas mais do que a realidade, mas nao consigo...sou tão fraco...amo-te...nunca to disse...nem sabes quanto faria para te poder dizer isto e saber que o aceitarás da melhor forma...está dentro de mim e precisava de dizer...não sei quando nos encontraremos de novo...a tua vida mudou...a minha parece que mudou também e por isso digo que não sei o dia em que voltarei a ver os olhos e o sorriso mais lindos que já vi até hoje...tento evitar não pensar nisso, mas é dificil esquecer de lembrar essas coisas que tanto significam para mim...partilhámos dos melhores momentos que tive até hoje e isso para sempre estará comigo, podes ter a certeza que o que sinto por ti ficará guardado num cantinho...no teu cantinho junto com tudo o que te pertence...mas magoa tanto porque estás longe, parece que não existes porque desapareces, porque quero mais de ti do que me podes dar...amar alguém é fodido...acertas sempre na pessoa errada...eu acerto quase sempre tb...até te encontrar...Quem me dera poder-te dizer que "os ultimos 20 anos contigo foram fantásticos, lutei para te fazer feliz e lutei para seres quem tu és e trazeres sempre um sorriso no rosto..."e assumir que tinha cumprido tudo...vejo-te como um futuro, não como um simples presente...sei que sou emotivo, facilmente "emocionavel" mas fizeste-me ser mais ainda...fizeste-me sentir que te poderia dar tudo...que te poderia dar o que te faltava...que te poderia compreender cada vez mais e conhecer-te melhor ainda! Tens um valor inestimável para mim...suplantaste todas as minhas barreiras...por muito poucas que sejam e tu não as reconheceres...isto tudo sem te esforçares...sem saberes que o estavas a fazer...nunca te pedi demais...sempre fui aos pouquinhos mas...não me poderia afastar como tu me pediste...não o consegui fazer e voltava a não faze-lo porque a tua presença era demasiado importante para mim! Preciso explodir...preciso encontrar alguém que me faça sentir bem como tu me fazias sentir...preciso e não consigo...criei mais barreiras, mais do que as que pensaria criar...condeno o que fiz mas é mais forte do que eu...sou um fraco...apaixonei-me e não consigo "desapaixonar"...como é que isso é possível sem estares perto de mim??? Como?!?! Como é que eu consigo "re-apaixonar-me" quase todos os dias?...dizes que ninguém te compreende...eu não me compreendo agora e consigo compreender-te perfeitamente...afastares-te não me ajuda a "desinteressar-me" de ti...só me faz ter-te mais e mais no meu pensamento...sou adulto e vou conseguir ultrapassar isso e só o poderei fazer quando adultamente conseguir assumir que não estás nessa...não serás "a tal"...por muito que isso me custe...sei que te poderia fazer a pessoa mais feliz do mundo! Tenho a certeza absoluta disso! Mas não posso estar a viver mais nesta "anormalidade"...precisava de explodir...precisava de não guardar para mim o que sinto...precisava de TE contar isto tudo...olhos nos olhos para que de uma vez por todas compreendas...estás longe e desaparecida...precisava que me desses alento, que ao menos me mostrasses que estás perto...precisava...desculpem a "explosão"...desculpem a sinceridade...amo-te...

4 comentários:

GHAFA disse...

explodir faz bem.. menino explode sempre que te apetecer. MESMO!

*

Ana João disse...

Não te preocupes Camilo.
Eu vou continuar a procurar a cola!
Se a descobrir guardo-te um bocadinho :)

***

*heidi* disse...

...e explodir faz tão bem!!

Anónimo disse...

Decidi deixar este cometário, porque o teu texto tocou-me bastante. É impressionante como vi nas tuas palavras, os meus pensamentos... consigo compreender tão bem essa necessidade!! Explode as vezes que achares necessárias! Não importa se explodes para ti, para um papel ou para um público, mas fá-lo! Porque pelo menos sentes que disseste tudo o que te ia na aí dentro, e isso é o que interessa! Libertar-nos desses pensamentos e desse turbilhão de emoções que o amor e que aquela pessoa nos provoca....
***
Diana S. CP